Independência dos Estados Unidos: causas e consequências - Brasil Escola (2023)

A Independência dos Estados Unidos foi declarada no dia 4 de julho de 1776 e colocou fim ao vínculo colonial que existia entre as Treze Colônias (nome pelo qual a região era conhecida nesse período) e a Inglaterra. Com essa conquista, os Estados Unidos transformaram-se na primeira nação do continente americano a ter sua independência.

A nova nação que surgiu foi construída em um modelo republicano e federalista e inspirada pelos ideais iluministas que defendiam as liberdades individuais e o livre comércio, por exemplo. De toda forma, a Independência dos EUA foi encabeçada pela elite colonial, insatisfeita com a forma como a Inglaterra tratava os colonos.

A Independência dos EUA e o modelo de nação desenvolvido pelos norte-americanos no século XVIII serviram de inspiração para outras nações do continente americano. A República instaurada no Brasil, a partir de 1889, por exemplo, inspirou-se claramente no modelo norte-americano.

Acesse também: Entenda o funcionamento do sistema eleitoral americano

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tópicos deste artigo

  • 1 - Causas
  • 2 - Mapa Mental: Revolução Americana
  • 3 - Declaração de Independência dos Estados Unidos
  • 4 - Guerra de Independência dos Estados UnidosPor que a França ajudou na Independência dos EUA?
  • 5 - Consequências

Causas

A Independência dos EUA foi resultado direto da divergência de interesses que existia entre a metrópole (Inglaterra) e as Treze Colônias. Na segunda metade do século XVIII, a política da Inglaterra em relação às Treze Colônias alterou-se drasticamente, e isso desagradou aos colonos, motivando-os a rebelarem-se contra a Inglaterra.

O primeiro ponto relevante a ser abordado é que, durante o século XVII, a Inglaterra havia deixado de ser uma monarquia absolutista, tornando-se uma monarquia parlamentar constitucionalista, na qual a burguesia, por meio do Parlamento, controlava o país. Com o advento da Revolução Industrial, essa burguesia tinha interesse na expansão da indústria e por isso buscava novas fontes de matérias-primas e novos mercados consumidores.

As colônias da Inglaterra, naturalmente, foram enxergadas como “fontes para alimentar o processo industrial inglês”, conforme definiu o historiador Leandro Karnal.|1| Além disso, ao longo do século XVIII, a Inglaterra envolveu-se em uma série de conflitos que aumentaram o peso dos impostos para os colonos.

(Video) Revolução Americana - Brasil Escola

Ao longo do século XVIII, a Inglaterra envolveu-se nas seguintes guerras: Guerra da Liga de Augsburgo, Guerra da Secessão Espanhola, Guerra daOrelha de Jenkins”, Guerra do Rei Jorge, Guerra Franco-Índia e Guerra dos Sete Anos. A soma desses conflitos, para a Inglaterra, foi positiva, pois esses contribuíram para enfraquecer a França na América e aumentaram as posses territoriais dos ingleses.

Mapa Mental: Revolução Americana

Independência dos Estados Unidos: causas e consequências - Brasil Escola (1)

*Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Com a ocorrência de tantas guerras, a Inglaterra optou por manter um exército permanente nas Treze Colônias, o que representava um custo de 400 mil libras anuais para os colonos.|2| Isso aumentou o impacto financeiro para esse últimos, criando um desgaste na relação. Esse desgaste foi ampliado quando o rei Jorge III proibiu os colonos de ocuparem as novas terras conquistadas que ficavam entre os Montes Apalaches e o Rio Mississippi. A medida do rei visava impedir que novos conflitos de colonos com indígenas acontecessem.

A reação entre colônia e metrópole realmente começou a ficar ruim quando a política da Coroa inglesa, em relação a suas colônias, modificou-se. Até então, a colonização inglesa tinha sido pautada pela autonomia das Treze Colônias e pela pouca interferência da Coroa nos assuntos internos. Karnal estabelece que o ano de 1763 é o ponto de partida para a modificação dessa postura.|3|

Essa transformação da política inglesa em relação às Treze Colônias (mediante todo o cenário apresentado de necessidade de expansão industrial e aumento de gastos com as guerras e com as tropas permanentes) concretizou-se, basicamente, em aumentos de impostos. A partir da década de 1760, uma série de leis foi decretada, pela Inglaterra, com o objetivo de aumentar a arrecadação das Treze Colônias.

Dentre essa série, podem ser destacadas:

  • Lei do Açúcar: aumentava os impostos sobre o açúcar e outros artigos, como vinho, café e seda;

  • Lei da Moeda: proibia a emissão de papéis de crédito nas Treze Colônias;

  • Lei do Selo: estipulava que em publicações como contratos, jornais e documentos públicos, em geral, deveria constar um selo que era pago à Coroa;

  • Lei da Hospedagem: determinava que os colonos deveriam abrigar os soldados enviados pela Coroa.

    (Video) 🇺🇸🔥 RESUMO DE HISTÓRIA: INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS! REVOLUÇÃO AMERICANA (Débora Aladim)

  • Atos Townshed: aumentava impostos sobre vidros, corantes e chá.

O impacto da maioria dessas leis sobre os colonos foi grande e gerou muita insatisfação. Muitos colonos começaram a boicotar as mercadorias inglesas, e protestos aconteciam em diferentes partes das Treze Colônias. Algumas leis, como a Lei do Selo, precisaram ser revogadas, tamanha insatisfação que causaram.

O estopim para a revolta geral dos colonos aconteceu quando os ingleses decretaram a Lei do Chá, que determinava que o chá nas Treze Colônias somente seria vendido pela Companhia das Índias Orientais. A insatisfação com a lei levou 150 colonos, disfarçados de índios, a invadirem o porto de Boston durante a madrugada, atacarem três navios e jogarem ao mar 340 caixas de chá.|4| Esse acontecimento ficou conhecido como Festa do Chá de Boston.

Independência dos Estados Unidos: causas e consequências - Brasil Escola (2)
A Festa do Chá de Boston foi uma demonstração da insatisfação dos colonos com a metrópole.*

A rebeldia dos colonos resultou em medidas duras decretadas pela Inglaterra. As medidas determinadas pela Coroa ficaram conhecidas como Leis Intoleráveis. Entre as medidas das Leis Intoleráveis, estão as seguintes:

As medidas deixaram claro para os colonos que havia uma grande divergência de interesses entre colônia e metrópole. Assim, os colonos, que até então eram reticentes quanto à possibilidade de separação, começaram a cogitar a independência. Essa ideia ainda era muito tímida, e isso ficou claro quando foi organizado o Primeiro Congresso Continental da Filadélfia.

Nesse congresso, os representantes das Treze Colônias (exceto da Geórgia) reuniram-se para redigir um documento ao rei inglês declarando sua lealdade, mas protestando contra as medidas determinadas pelas Leis Intoleráveis. A reação do rei, no entanto, motivou mais insatisfação, pois foi determinado que o número de soldados na colônia aumentasse. Com essa medida, os primeiros conflitos armados entre colonos e tropas inglesas aconteceram.

(Video) RESUMO DE HISTÓRIA: INDEPENDÊNCIA DOS EUA | Prof. Biro Torres

Declaração de Independência dos Estados Unidos

Independência dos Estados Unidos: causas e consequências - Brasil Escola (3)
Local no qual foi realizado o Segundo Congresso Continental da Filadélfia.**

Em seguida, foi realizado o Segundo Congresso Continental da Filadélfia que, dessa vez, contou com representantes de todas as colônias. Nesse congresso, os colonos chegaram à conclusão de que não era mais possível manterem-se sob o domínio colonial inglês, uma vez que consideravam que as ações da metrópole eram um desrespeito aos interesses dos colonos. Desse congresso, elaborou-se a Declaração de Independência dos Estados Unidos, publicada no dia 4 de julho de 1776.

Os colonos, reunidos no congresso, estabeleceram 27 causas que explicam a Declaração de Independência, e os motivos pelos quais os colonos entendiam a situação são resumidos por Leandro Karnal:

[…] as leis mercantilistas, as guerras que prejudicavam os interesses dos colonos, a existência de tropas inglesas que os colonos deviam sustentar etc. A paciência dos colonos, sua calma e ponderação são destacadas em oposição à posição intransigente e autoritária do rei da Inglaterra, no caso, Jorge III.|5|

A Declaração de Independência dos Estados Unidos foi escrita por Thomas Jefferson. Com a independência, foi iniciada a Guerra de Independência, na qual os colonos lutaram, durante cinco anos, contra as tropas inglesas.

Guerra de Independência dos Estados Unidos

A Guerra da Independência dos Estados Unidos estendeu-se durante cinco anos. Os colonos defenderam sua independência por meio do Exército Continental, força criada logo após a declaração. Após o rompimento com a colônia, desenvolveu-se nos Estados Unidos um dispositivo legal que permitia aos cidadãos armarem-se. Essa ideia fez com que o porte de armas nos Estados Unidos fosse incluído na Constituição do país.

Os ingleses enviaram uma série de comandantes importantes para liderarem suas tropas na América. Além disso, contaram com muitos colonos traidores que lhes forneceram informações importantes. Os colonos, por sua vez, uniram-se contra os ingleses motivados, principalmente, pela violência com que eram tratados durante a guerra.

Nisso, franceses e espanhóis entraram no conflito fornecendo apoio vital aos americanos. Os dois primeiros tinham interesses em enfraquecer os ingleses no continente americano e viram, no apoio à Independência dos Estados Unidos, uma forma de atingi-los. A vitória final dos colonos americanos aconteceu após a Batalha de Yorktown, que correu em 19 de outubro de 1781. Os ingleses reconheceram a Independência dos EUA, com a assinatura do Tratado de Paris, em 1783.

  • Por que a França ajudou na Independência dos EUA?

O envolvimento francês na Guerra de Independência dos Estados Unidos aconteceu porque os franceses tinham o interesse em enfraquecer os britânicos na América. Lembrando que, durante o século XVIII, as duas nações haviam entrado em combate durante a Guerra dos Sete Anos, na qual os franceses, derrotados, foram obrigados a ceder uma série de territórios.

A Guerra de Independência dos EUA era vista pelos franceses também como uma possibilidade de recuperarem tais territórios perdidos. Com a derrota, os ingleses foram obrigados a devolver Senegal, algumas ilhas no Atlântico e algumas terras na América, para os franceses.

Os espanhóis, que também lutaram ao lado dos colonos, receberam de volta Minorca, uma ilha no Mediterrâneo, e territórios na Flórida.

(Video) RESUMO DA REVOLUÇÃO AMERICANA EM 5 MINUTOS! Independência 🇺🇸 (Débora Aladim) - [Vídeos Para Todos]

Acesse também: Entenda a história do conflito que dividiu os Estados Unidos durante o século XIX

Consequências

A Independência dos Estados Unidos também é conhecida como Revolução Americana. Desse processo, as principais consequências que podem ser destacadas são:

  • Consolidação dos Estados Unidos enquanto nação independente.

  • Os ideais iluministas defendidos pelos americanos inspiraram movimentos de independência em outras partes da América, inclusive no Brasil.

  • Republicanismo consolidou-se como alternativa política. No século XIX, as colônias espanholas, por exemplo, converteram-se em repúblicas, após conquistarem suas independências.

  • Declínio do domínio colonial da Inglaterra na América continental.

  • França e Espanha recuperaram parte de seus territórios na América, após a derrota inglesa na guerra;

  • Deu-se início ao processo de expansão territorial dos EUA, após a Inglaterra ceder as terras entre os Montes Apalaches e o Rio Mississippi.

|1| KARNAL, Leandro. A Formação da Nação. In.: KARNAL, Leandro (org.). História dos Estados Unidos. São Paulo: Contexto, 2008, p. 75.
|2| Idem, p. 75.
|3| Idem, p. 76.
|4| Idem, p. 79.
|5| Idem, p. 88.

*Créditos da imagem: Chrisdorney e Shutterstock

**Créditos da imagem: Warasit Phothisuk e Shutterstock

(Video) Guerra dos Sete Anos - Brasil Escola

Por Daniel Neves
Graduado em História

FAQs

Quais são as causas e consequências da independência dos Estados Unidos? ›

Consequências da independência dos Estados Unidos

O modelo de republicano de Estado serviu de exemplo para outros países, como o Brasil; França e Espanha recuperaram territórios americanos que haviam perdido; Permitiu a divisão interna do território americano, que levaria anos mais tarde à Guerra Civil.

Qual foi as principais causas da independência dos Estados Unidos? ›

Resumindo, podemos dizer que as principais causas da Independência foram: O desejo por maior liberdade econômica e política das treze colônias; A recusa da metrópole em negociar, seguindo uma política de controle rígido.

Quais foram as principais consequências da Revolução Americana? ›

Consequências da Revolução Americana

A Revolução Americana separou os Estados Unidos da Inglaterra e inspiraria movimentos como a Revolução Francesa e as independências das colônias da América Latina.

Como foi a independência dos Estados Unidos resumo? ›

A declaração de independência aconteceu em 4 de julho de 1776. A declaração de independência dos Estados Unidos foi emitida durante o Segundo Congresso Continental da Filadélfia. A independência dos Estados Unidos foi declarada em 4 de julho de 1776 e reconhecida pelos ingleses em 1783, após cinco anos de guerra.

Quais as consequências mais importantes da Independência dos EUA 1776? ›

Declínio do domínio colonial da Inglaterra na América continental. França e Espanha recuperaram parte de seus territórios na América, após a derrota inglesa na guerra; Deu-se início ao processo de expansão territorial dos EUA, após a Inglaterra ceder as terras entre os Montes Apalaches e o Rio Mississippi.

O que mudou depois da independência dos Estados Unidos? ›

Logo após a declaração de independência dos Estados Unidos em 1776, os principais oficiais das treze antigas colônias britânicas, — agora, Estados dos Estados Unidos — passaram a planejar a instalação de um sistema de governo central, que seria válido para todo o novo país.

Quais eram os reais interesses dos Estados Unidos na independência do Brasil? ›

O objetivo era afastar qualquer influência dos colonizadores europeus, visando conquistar aliados e benefícios econômicos. Oficialmente, os Estados Unidos foram a primeira nação a reconhecer a independência do Brasil.

Qual foi a consequência dessa política do governo para os indígenas do território e para os Estados Unidos? ›

Resposta: O governo dos EUA cobrava baixas taxas em dinheiro, para que estrangeiros pudessem vir para seu território e ocupar as terras, afim de promover a ocupação do território e eliminar os indígenas sem precisar se movimentar, através somente das próprias pessoas que ocupariam essas terras.

Por que os franceses apoiaram a guerra de Independência dos EUA? ›

A França resolveu apoiar as Treze Colônias como uma forma de retaliação à derrota sofrida para os ingleses na Guerra dos Sete Anos.

Qual a finalidade da independência? ›

Declaração da Independência do Brasil

De modo que o jovem país aceitava como condição de seu reconhecimento por Portugal e, consequentemente, da Inglaterra e toda a comunidade internacional, o pagamento de uma indenização a ex-metrópole.

Como terminou a independência dos Estados Unidos? ›

A guerra de independência dos Estados Unidos estendeu-se até 1781, com uma batalha na cidade de Yorktown. Com o fim da guerra, os ingleses assinaram o Tratado de Paris em 1783, no qual reconheceram a independência de sua ex-colônia.

Quem foi o líder da independência dos Estados Unidos? ›

Thomas Jefferson (Shadwell, 13 de abril de 1743 – Charlottesville, 4 de julho de 1826) foi o terceiro presidente dos Estados Unidos (1801-1809) e o principal autor da declaração de independência (1776) dos Estados Unidos.

Quem lutou pela independência americana? ›

Deu-se início a uma série de batalhas e à guerra de independência dos EUA. Em meio às batalhas, líderes de diferentes estados, entre eles Thomas Jefferson, Samuel Adams, Richard Lee e Benjamin Franklin, organizaram congressos na Filadélfia para elaborar uma declaração de direitos com inspiração iluminista.

O que é correto afirmar sobre a independência dos Estados Unidos de 1776? ›

Sobre a independência dos Estados Unidos (1776) é correto afirmar que: Teve como inspiração as idéias do filósofo inglês Thomas Hobbes, defensor da monarquia absolutista. Resultou na construção de um país integrado em termos econômicos e raciais. Levou ao estabelecimento do pacto colonial na região.

Quem foi que descobriu os Estados Unidos? ›

Este feriado é celebrado na segunda segunda-feira de outubro, em comemoração à descoberta da América, por Cristóvão Colombo em 12 de outubro de 1492.

Como eram chamados os Estados Unidos na época colonial? ›

O país que hoje se conhece como Estados Unidos da América, na época colonial, era chamado de as Treze Colônias. Elas eram colonizadas pela Inglaterra, que até então estava preocupada apenas com os seus assuntos internos.

Quem colonizou os Estados Unidos da América? ›

A colonização dos EUA foi realizada pelos ingleses. Treze Colônias era o termo usado para definir as colônias britânicas situadas na Costa Leste dos EUA até que essas conquistassem sua independência. A primeira tentativa de colonização inglesa foi realizada pelo corsário inglês Sir Walter Raleigh.

Qual era o nome dos Estados Unidos antes de sua independência? ›

AMÉRICA DO NORTE

Cada uma das treze colônias - Massachusetts, Rhode Island, Connecticut, New Hampshire, Nova Jersey, Nova York, Pensilvânia, Delaware, Virgínia, Maryland, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Geórgia - tinha um "governador-geral" inglês nomeado pelo rei da Inglaterra e uma assembléia legislativa.

Qual era a base econômica dos EUA após a independência? ›

Com essa expansão territorial e com o poder que conquistava, a economia americana também progredia. Contudo, como já vimos, o norte se destacava pela indústria e pelo comércio enquanto o sul era rural.

Quem não aceitou a independência? ›

Portugal não queria aceitar a independência do Brasil. No entanto, com a ajuda da Inglaterra, os dois países chegaram a um pacto: Portugal reconheceria a independência, e em troca o governo britânico exigiu que o Brasil pagasse um débito de 2 milhões de libras que Portugal devia a Inglaterra.

O que foi o Tratado de Paz e Aliança? ›

No dia 29 de agosto de 1825, o Tratado de Paz e Aliança finalmente oficializou o reconhecimento lusitano. Segundo esse acordo, o governo brasileiro deveria pagar uma indenização de dois milhões de libras esterlinas para que Portugal aceitasse a independência do Brasil.

Quais são os fatores que levaram os Estados Unidos a reconhecer a independência do Brasil em 1824? ›

(Mackenzie) São fatores que levaram os EUA a reconhecerem a independência do Brasil em1824: a Doutrina Monroe (América para os americanos) e os fortes interesses econômicos emergentes. nos EUA. b-A aliança dos capitais ingleses e americanos interessados em explorar o mercado brasileiro e a.

Qual era o objetivo do governo dos Estados Unidos a comprar as terras indígenas? ›

O objetivo dessa lei era promover uma distribuição de terras para quem tivesse a perspectiva de estabelecer-se como colono e pequeno fazendeiro nas terras do Oeste dos Estados Unidos.

Por que o governo estadunidense queria comprar as terras indígenas? ›

Resposta: Os estadunidenses queriam levar a civilização aos povos "selvagens" e também ganhar mais território.

Quais foram as principais consequências para os povos indígenas? ›

Desde 1500, com a chegada dos colonizadores, os indígenas brasileiros sofrem com o preconceito, a invasão e exploração de suas terras. Mesmo com a criação de órgãos como a Fundação Nacional do Índio (Funai) , a violência contra esses povos continua.

Como ficou a questão da cidadania pós independência dos EUA? ›

A questão remete a independência dos EUA ocorrida em 04 de julho de 1776. Até 1781 aconteceram as “guerras de independência” entre colonos e ingleses. Em 1787 foi elaborada a única constituição dos EUA. Esta Magna Carta não permitiu a cidadania a todos considerando que mulheres, escravos e índios foram excluídos.

Qual foi o primeiro presidente americano muito importante para a independência? ›

George Washington liderou tropas dos colonos na guerra pela independência e foi o primeiro presidente dos Estados Unidos. Washington foi o filho mais velho de Augustine com Mary Ball, e, ao todo, o casal teve seis filhos.

Qual foi a influência do Iluminismo para a independência dos Estados Unidos? ›

As idéias do Iluminismo foram as principais influências para as colônias americanas se tornarem uma só nação. Alguns dos líderes da Revolução Americana foram influenciados pelas idéias iluministas que são a liberdade de expressão, a igualdade, a liberdade de imprensa e a tolerância religiosa.

O que a Independência nos trouxe? ›

No dia 7 de setembro de 1822, Dom Pedro proclamou a independência do Brasil as margens do Rio Ipiranga e trouxeIndependência ou morte!” como um marco histórico do país. A partir de então, desvinculamos nossos laços coloniais com Portugal e iniciamos um novo período cultural, sociológico e histórico no país.

Quais foram as vantagens da Independência? ›

A proclamação da Independência brasileira, em 7 de setembro de 1822, foi um passo decisivo para o início da organização do estado brasileiro. "Significou soberania para que o país pudesse estabelecer suas normas políticas e sua administração pública.

Quais foram os benefícios da Independência? ›

Por meio da independência, o Brasil deixou de ser uma colônia portuguesa e passou a ser uma nação independente. Com esse evento, o país organizou-se como uma monarquia que tinha d. Pedro I como imperador.

Qual era o objetivo da lei do açúcar? ›

A Lei do Açúcar tinha o objetivo de taxar as mercadorias produzidas com vistas à recuperação do preço pago pelos artigos importados de outras regiões, tanto da América quanto da Europa, principalmente açúcar, vinho, tecidos e café.

Quais foram os motivos que levaram a independência dos Estados Unidos? ›

Resumindo, podemos dizer que as principais causas da Independência foram: O desejo por maior liberdade econômica e política das treze colônias; A recusa da metrópole em negociar, seguindo uma política de controle rígido.

Quem libertou os Estados Unidos? ›

Em 4 de julho de 1776, o Segundo Congresso Continental, ainda em realização em Filadélfia, declarou a independência dos Estados Unidos da América em um documento notável, a Declaração de Independência Americana, cujo autor principal foi Thomas Jefferson.

Qual foi a importância do movimento de independência dos Estados Unidos? ›

A Revolução Americana, também conhecida como independência dos Estados Unidos, foi declarada pelos colonos em 4 de julho de 1776 e marcou o fim da colonização inglesa sobre as treze colônias americanas.

Quais são as principais consequências da independência dos Estados Unidos? ›

Consequências da independência dos Estados Unidos

O modelo de republicano de Estado serviu de exemplo para outros países, como o Brasil; França e Espanha recuperaram territórios americanos que haviam perdido; Permitiu a divisão interna do território americano, que levaria anos mais tarde à Guerra Civil.

Qual a arma mais usada na independência dos EUA? ›

Long rifle
"Pennsylvania/Kentucky" Rifle
Local de origemLancaster, Pensilvânia - Estados Unidos
História operacional
Em serviço1700s - 1900s
UtilizadoresColônias Britânicas (até 1776) Estados Unidos (1776 - século XX)
23 more rows

Quais foram as causas da Revolução Americana Brainly? ›

Embora na opinião de muitos historiadores, a Revolução Americana tenha sido causada por conflitos económicos e sociais, outros defendem que os motivos principais foram de ordem política, devido a diferenças irreconciliáveis sobre o modo como as colónias americanas deviam ser governadas.

Quais foram as principais consequências da Independência do Brasil Brainly? ›

As principais consequências da independência do Brasil foram o fato do Brasil finalmente ter a sua autonomia política e também jurídica, isso significa dizer que ele poderia tomar suas próprias decisões e suas próprias regras.

Quais foram as consequências do processo de independência do Brasil? ›

As consequências da independência do Brasil

Com a independência do Brasil, o país tornou-se soberano e organizou-se com uma monarquia. Na América do Sul, o Brasil foi a única monarquia, pois as outras nações organizaram-se como repúblicas.

Qual é o objetivo da Revolução Americana? ›

Nesse sentido, a Revolução Americana ocorreu justamente pelo descontentamento das colônias em relação à metrópole. Isso porque, as colônias possuíam um sistema de organização próprio. Além disso, foram se tornando independentes, o que gerou incômodo quando a metrópole tentou exercer maior poder sobre a colônia.

Qual era o objetivo da Revolução Americana? ›

O que ficou conhecido como Revolução Americana foi iniciado pela insatisfação colonial com o aumento da exploração colonial nas Treze Colônias da América do Norte.

Qual foi a consequência da independência? ›

A primeira e mais marcante consequência da independência do Brasil foi a constituição do país como uma nação soberana. Nesse processo, houve a separação de Portugal, de modo que a nação alcançou sua autonomia para estabelecer suas próprias normas políticas, sociais e econômicas.

Quais foram as consequências da independência do Peru? ›

Como consequência da independência do Peru, em abril de 1825, a campanha de Sucre no Alto Peru foi concluída e, em novembro do mesmo ano, o México conquistou a capitulação do bastião espanhol de San Juan de Ulúa na América do Norte. Finalmente, em janeiro de 1826 , as fortalezas espanholas de Callao e Chiloé caíram.

Quais foram as consequências da independência do Haiti Brainly? ›

Resposta. Agricultura em colapso devido ao longo tempo de batalhas. Em 1895, o governo haitiano foi obrigado a restituir os antigos proprietários de escravos. O pagamento de dívida de 150 milhões de francos junto à França por reconhecimento de independência.

Quais foram as causas da Independência resumo? ›

A independência foi resultado de um processo de desgaste nas relações entre os colonos brasileiros, sobretudo da elite, com portugal. Isso teve relação direta com a Revolução Liberal do Porto de 1820, mas podemos considerar que tudo começou com a transferência da Família Real Portuguesa para o Brasil, em 1808.

Quais eram os reais interesses dos Estados Unidos na Independência do Brasil? ›

O objetivo era afastar qualquer influência dos colonizadores europeus, visando conquistar aliados e benefícios econômicos. Oficialmente, os Estados Unidos foram a primeira nação a reconhecer a independência do Brasil.

Quais os benefícios que a Independência trouxe para o Brasil? ›

Resposta. Resposta: A proclamação da Independência brasileira, em 7 de setembro de 1822, foi um passo decisivo para o início da organização do estado brasileiro. "Significou soberania para que o país pudesse estabelecer suas normas políticas e sua administração pública.

Videos

1. Estados Unidos (século XIX) no Enem - Brasil Escola
(Brasil Escola)
2. Independência dos EUA | CONSEQUÊNCIAS DA INDEPENDÊNCIA DOS EUA
(Desenrolado Videoaulas)
3. Independência dos EUA – História – 8º ano – Ensino Fundamental
(Canal Futura)
4. Guerra de Secessão - Brasil Escola
(Brasil Escola)
5. Colonização Inglesa - Brasil Escola
(Brasil Escola)
6. Independência do Haiti - Brasil Escola
(Brasil Escola)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Neely Ledner

Last Updated: 02/11/2023

Views: 5781

Rating: 4.1 / 5 (42 voted)

Reviews: 81% of readers found this page helpful

Author information

Name: Neely Ledner

Birthday: 1998-06-09

Address: 443 Barrows Terrace, New Jodyberg, CO 57462-5329

Phone: +2433516856029

Job: Central Legal Facilitator

Hobby: Backpacking, Jogging, Magic, Driving, Macrame, Embroidery, Foraging

Introduction: My name is Neely Ledner, I am a bright, determined, beautiful, adventurous, adventurous, spotless, calm person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.